11 maio 2012

Fall for you* IV

SKINNY △
Zdjęcia na tablicy
Gosto de ti. Gosto de ti de uma forma absolutamente absurda, viciante e doentia. Gosto de ti desde o primeiro dia, desde a primeira noite em que tudo começou, desde os dias em que tudo não passava de meros olhares, risos e mensagens. Desde o dia em que me pediste em namoro. Talvez nunca passe disto, de uma paixão que nasceu e mantém-se firme. 
Mas és tão diferente de todos. Atrais-me com tal força como se gravidade se tratasse.
És o porto de abrigo que qualquer mulher desejaria, transmites paz e calma, uma segurança que nunca ninguém me deu. E quando penso nisso, acho que não és bem real, apenas um sonho que estou a viver, porque ridiculamente nenhum rapaz se apaixonaria assim por mim. Quando chegaste , o teu ser obrigou-me a deitar fora as memórias e a ver o novo caminho que queria construir à minha frente.
E cada vez estou mais convicta de que nos viríamos a cruzar um dia, porque tu, de uma maneira ou outra, terias de me pertencer. E de uma maneira ou de outra, ninguém se esforçaria o que tu te esforças; ninguém escreveria cartas como as tuas ou ninguém me apertava e beijava como tu o fazes; ninguém acharia piada ver-me dançar como tu achas ou aguentaria quando me vou a baixo. 
Antes de namorado, és um amigo especial, com quem eu aprendo e cresço.
Com quem eu estou magoada, triste e desiludida. 
Mas alguém que nunca me falhou no melhor e no pior. Obrigada.

1 comentário:

sophia disse...

obrigada querida :)