22 março 2013


escrevo. apago. escrevo. apago. não arranjo forma de o dizer. as palavras não saem. o choro mistura-se com as letras. e por agora, para falar de ti, prefiro o silêncio. ele é o único capaz de denunciar as saudades que sinto tuas. deixo uma página em branco entre nós. escreve nela o que quiseres, já escrevi o passado e apaguei o futuro. deixei-me de certezas. agora peço-te que não desapareças de vez. escolhe ficar por aí e espero que muitas vezes possamos recordar o que vivemos. juntos. fora isso, as palavras não se retiram daquela tarde. o último sabor da tua boca, o teu corpo a desejar o meu, são a porta das minhas memórias. quanto a ti? és mais que isso. és o anjo que eu teimo em guardar no coração.
talvez guardar-te no coração e na cabeça seja opção, para estares sempre em pensamento. mas deixa-me dar-te uma novidade: ainda estás, continuas cá, bem pertinho de mim 

5 comentários:

Daniela ♥ disse...

Olá, descobri o teu blog hoje e adorei. Já o estou a seguir e já está na minha lista de favoritos no meu blog.

beijinhos

http://secretsofmylife-d.blogspot.pt/

adriana rodrigues disse...

é mesmo querida, a imagem dizia tudo*
adorei o texto juro!

Niqui disse...

Acho que não me ganhas nisso de responder mil anos depois :b
Beem , vendo este post depois do que acabei de escrever parece que estamos mesmo em sintonia!! Força *

Sofia Teixeira disse...

r: obrigada princesa,por seguires o meu cantinho!

Beijinhos :D

(Maria) Inês disse...

Adoro o texto e o design adoro mesmo !!
R. muito obrigada querida!