16 abril 2014


Quando me disseram "prepara-te, a faculdade é a doer" acho que não tive consciência da importância destas palavras. Pergunto-me, principalmente por estes dias, qual a necessidade que os professores têm em nos dar páginas e páginas para ler, quando eles próprios mal puseram os pés na faculdade durante as primeiras semanas do semestre. 
Tenho uma cadeira de Antropologia Económica, na qual o meu professor esteve mais vezes hospitalizado do que foi dar aulas, e agora, no tempo de férias para pôr os textos e leituras em dia, sinto-me num beco sem saída, mergulhada em papéis e com cara de infeliz de tamanho monte de textos misturados. 
Não quero a papinha toda feita, quero apenas desmistificar o código morse desta cadeira!

1 comentário:

catarina disse...

é como eu, deve ser tão divertido, e com os amigos ainda melhor :)