11 fevereiro 2011

goodbye my almost lover

because i will never forget by *C4M30 on deviantART

O dia de ontem não teve 24 horas, teve 48 horas.
Pensei que tudo passava de um sonho, que nada do que me dizias poderia ser verdade. O que deveria de ser um dia maravilhoso, tornou-se o pior pesadelo.
Acabou.
Acabou e nunca mais vai começar.
O que demorámos a construir em 1 ano e três meses ruiu para sempre, tal como um castelo de cartas quando sofre do poderoso poder de um simples sopro. Nunca mais poderá ser o mesmo. E é isso mesmo que eu quero.
Nunca mais quero ser aquela pessoa que fui, porque isso faz me lembrar de ti.
Ontem chorei, gritei, senti uma raiva de ti que, em vezes anteriores, nunca sentira. Mas eu quero sentir isto, porque enquanto o fizer, enquanto chorar, tu ainda vais cá estar. Dentro de mim, bem lá no fundo.
No dia em que deixar de derramar uma lágrima que seja por ti, estarei curada e poderei dizer-te adeus, com todo o gosto e para sempre. No dia em que o deixar de fazer, terei deixado de te amar. E aí será tarde de mais para arrependimentos da tua parte.
De mim, nunca mais levarás nada.
Se há coisa que aprendi contigo foi a crescer, a olhar para a vida de uma perspectiva diferente.
Só te tenho a agradecer por isso.
Sê feliz.
Eu agora também vou começar a sê-lo.


11 comentários:

Rachel disse...

Obrigada, também estou a seguir :)
Beijinhos e muita força querida!

AnaRita disse...

Gosto muito do blog <3 Já te sigo (: Beijinhos*

Diianna disse...

força .

Vanessa Gomes disse...

adorei, está lindo!
força querida *

Madalena disse...

adoreeei <3
vou seguir, segue também (;
beijinhos *-*

Tagarela disse...

Obrigada, o teu blog também está num bom caminho e fofinho (:

AnaRita disse...

É verdade, meu doce. Obrigada por seguires <3

Vanessa Gomes disse...

pois é querida, deixar um rapaz ou ex-namorado apoderar-se de nós? Nunca, somos melhor que isso *

AnaRita disse...

Querida, não estás a aparecer lá $:

RITA * disse...

Obrigada Martinha (:
eu adoro o teu blog, também, escreves muito bem!

AnaRita disse...

Obrigada eu, querida