06 julho 2014

Gozar o verão ao máximo #2





Não retirar as fotos. São todas da minha autoria
Para mim, verão é sinónimo de descanso, praia, sol, aquela preguiça deliciosa, fins de tarde a petiscar, todas as coisinhas boas que o verão nos traz e que nós tanto adoramos!
Mas também sou adepta de actividades mais culturais: visitar museus, dar um passeio pela cidade, observar a arquitectura, fotografar tudo (uma nova paixão!) e enriquecer a minha cultura geral.
Morando eu na linha de Sintra, há uma série de opções a nível cultural que servem para preencher estes dias de verão, principalmente aqueles dias mais cinzentos (como o de hoje) em que não temos ideias sem ser ficar em casa à espera que o sol volte. 
O ano passado eu e os meus pais dispensámos um dia de praia para irmos até à vila de Sintra, visitar um dos palácios que me faltava visitar aqui na região: o Parque e Palácio de Monserrate. 
Apaixonei-me completamente por este palácio de apontamentos indianos, góticos e mouriscos, um verdadeiro retiro dentro da Serra de Sintra, com um Parque natural de enorme variedade de espécies vegetais, raras.
Apanhámos um dia fantástico de sol onde andávamos descalços no meio da relva e aproveitávamos a paisagem para um piquenique e algumas fotografias à luz natural.
Para quem tem crianças, também tinham actividades dedicadas para elas: acompanhados de monitoras, os miúdos estão em pleno contacto com a Natureza e a Cultura, fazendo jogos e aprendendo a importância da conservação do meio ambiente.

Este ano, gostava de visitar o Palácio Quinta da  Regaleira, que ficou por visitar o verão passado.
Creio que deve ser uma experiência óptima, tal como foi a de Monserrate, para um dia de verão abrigados no fresco da Serra de Sintra.
Claro que os restantes palácios de Sintra, nomeadamente o Palácio da Pena, o Castelo dos Mouros, o Palácio da Vila e o Chalet e Jardim da Condessa D’Edla são também óptimas opções para visitar, quer seja em família, com amigos ou com o namorado/a.
Aproveitem as férias, onde quer que estejam, para visitar monumentos, para ajudarmos todos a desenvolver ainda mais a nossa cultura, para valorizarmos as regiões do nosso país, onde há coisas a descobrir em cada recanto. 

Ficamos todos um pouco mais ricos, quer seja no bronze, quer seja ao nível intelectual!

1 comentário:

Helena disse...

Eu quero tanto ir a Sintra! :(
Gostei das fotos :)